A potência do savoir faire Francês na perfumaria Brasileira
6 de janeiro de 2022

Avaliador Olfativo: o coração de uma fragrância

Ainda que o Brasil seja o país líder em volume de venda de perfumes e o 2º maior em valor, a história da perfumaria é relativamente recente e até abstrata para o brasileiro. Então o termo “perfumista” acaba sendo usado como um atalho para profissionais do setor serem compreendidos por quem não é da área.

Neste “telefone sem fio” muitos supõem que é preciso ser perfumista para realizar grandes projetos, ter boa remuneração e viver de perfumaria, seja em uma multinacional ou empreendendo. 

Mas a verdade é que há tantos outros caminhos possíveis para transformar a paixão por fragrâncias em uma sólida e frutífera carreira, desde Marketing e Vendas até Controle de Qualidade. Passando também pelo posto em que eu me iniciei e me tornei expert em perfumaria: a de Avaliador Olfativo. 

Sim… Eu mesma não sou perfumista.

E como Avaliadora Olfativa vivenciei experiências em Genebra, Paris e Nova Iorque; estive na diretoria LATAM de multinacionais; atendi Unilever, Colgate, Natura, O Boticário, Belcorp e Procter; retrabalhei fragrâncias para Água de Cheiro, Avon, L’Acqua di Fiori, Natura, Belcorp e O Boticário e já impactei mais de 500 mil profissionais que vendem perfumes no Brasil.

Iniciei como Avaliadora Olfativa na Firmenich. Compreender a perfumaria com profundidade me possibilitou grandes projetos.

Para não restar mais dúvidas: perfumistas, em linhas gerais, são responsáveis por efetivamente criar fragrâncias sob demanda para a produção industrial de produtos de uso pessoal, cosméticos, ambientes e limpeza de marcas de bens de consumo. Para se capacitarem, dedicam 3 anos iniciais memorizando ingredientes e outros 3 aprendendo a técnica sob a mentoria de outros perfumistas experientes. Também por isso, são profissionais mais raros que astronautas (e não é modo de dizer).

Em geral, trabalham em Casas de Fragrâncias, nacionais ou internacionais, como por exemplo Givaudan, Symrise, Mane, Takasago, Robertet, Capuani, IFF e Firmenich (nessas duas últimas realizei grandes projetos em meus 20 anos de trabalho na indústria, como Avaliadora Olfativa, Diretora de Marketing e Vendas). 

o Avaliador Olfativo é a ponte entre a necessidade de uma marca ter uma fragrância e a criação pelo perfumista. É quem se reúne com o cliente, compreende o tipo de fragrância desejada e, organizando e interpretando a solicitação em palavras, imagens, em briefings, transmite essas informações aos perfumistas.

Com um olfato treinado e o radar sintonizado para as tendências de mercado e inovação, não só orienta o trabalho criativo como também é responsável por analisar a criação do perfumista e  sugerir/corrigir rotas olfativas, verificando se a fragrância é ideal para determinado perfil de consumidor e se está alinhada com a solicitação para apresentá-la ao cliente – momento em que a capacidade de argumentação técnica é ainda mais imprescindível.

Por isso, digo que um Avaliador Olfativo é um Gerente de Projetos com fortes habilidades olfativas e também de comunicação e organização. 

Também acho válido comparar esse trabalho com o de um ator, já que mergulha na necessidade de cada projeto com suas características próprias, para um público com preferências próprias, deixando de lado os seus gostos pessoais e avaliando as fragrâncias simulando o uso do consumidor. 

Um exemplo prático: a experiência do consumidor com a fragrância de um amaciante, desde a escolha na gôndola do mercado, passando pela máquina de lavar, até vestir a roupa. Ou, no caso da perfumaria fina, que é a minha especialidade, analisando o comportamento de evaporação ao longo das horas na fita olfativa, na pele, a duração final e o rastro no ambiente.

Agora que ficou claro que ser Avaliador Olfativo é estar no coração do desenvolvimento de produtos, conectado com todas as áreas de negócios, ser braço direito do perfumista, bem valorizado e com uma rotina dinâmica, você deve estar se perguntando… 

Como faço para me desenvolver como Avaliador Olfativo?

A perfumaria tem uma linguagem própria e aprendê-la é um processo. Assim como aprender sobre vinhos, esse processo combina aprendizado intelectual e sensorial, já que há experimentação e memorização contínua de ingredientes e produtos.

O meu aprendizado foi construído dentro das empresas, comecei minha carreira participando das avaliações de profissionais mais experientes, de diferentes segmentos e também participei de treinamentos em outros países, já que na década de 90 não existiam escolas de perfumaria no Brasil. Foi o famoso “correndo atrás” combinado com o privilégio de atuar no coração da indústria.

Mas sempre acreditei que uma educação com metodologia estruturada, é o caminho mais adequado e democrático para quem quer atuar no setor . Isso me motivou a, em 2012, fundar a Paralela Escola Olfativa em parceria com a renomada escola francesa de perfumaria Cinquieme Sens. Somos pioneiros e seguimos únicos no país, com profissionais experts nas diversas áreas da perfumaria, para você que quer começar ou que já é profissional e deseja se capacitar.

Quais os próximos passos?

Se você já atua com fragrâncias, você já é um Avaliador Olfativo em potencial e o Curso de Formação de Avaliadores Olfativos irá te capacitar com o conhecimento sobre a indústria. O curso é teórico-prático, então além de aprender a gerenciar os projetos com interface do perfumista e clientes externos, você irá construir e desenvolver as suas habilidades olfativas na companhia de seu kit Olfactorium® individual, com matérias-primas de altíssima qualidade. Abrimos um Forms para interessados na nova turma e você pode acessá-lo aqui.

Caso você ainda não tenha a vivência da perfumaria, não tem problema: um passo anterior é o Dia de Descoberta, o primeiro passo essencial em seu caminho de alfabetização olfativa. Esse momento de introdução também acompanha um kit Olfactorium® individual, adequado para esse início.

Importante reforçar que toda capacitação é altamente recomendável para além de profissionais que levam o título de Avaliador Olfativo na indústria. Quanto mais você domina sobre fragrâncias, mais valorizado você é e mais capaz de conduzir o desenvolvimento com sensibilidade e assertividade, seja como empreendedor ou empresário do setor de beleza, limpeza e da efervescente área da perfumação de ambientes.

Sigo disponível para te orientar e recomendo a leitura dos descritivos da programação dos cursos, são bem esclarecedores.

Qualquer dúvida, podemos nos falar também em contato@paralelaescolaolfativa.com.br

Cheirosamente,

Alê Tucci

Paralela Escola Olfativa
Paralela Escola Olfativa
Uma escola livre que nos inspira não só a pensar ou fazer diferente, mas a sentir. Somos a única no Brasil a oferecer certificado pela Cinquième Sens (escola francesa com 43 anos de atuação na França e presente em mais de 10 países) e a pioneira no Brasil, em que sentir para entender a perfumaria é a principal metodologia. Não ensinamos fórmulas prontas: ensinamos a pensar, a ousar. Nesses quase 8 anos de atuação, recebemos mais de 1200 alunos na nossa sede, em São Paulo, e os incentivamos a olhar para a perfumaria em todos os ângulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat