5 Fatores que fizeram o Curso de Formação chegar à 11ª Edição
13 de agosto de 2021

Os OUROS da Perfumaria Japonesa – de Kenzo à Sakura

Acabamos de vivenciar mais um grande evento histórico no Japão e que nos reafirmou a tradição, criatividade e a beleza da cultura do país. Uma potência que está no pódio dos maiores mercados de cosméticos do mundo, com consumidores que são conhecidos por serem altamente conscientes da qualidade do que consomem.

Fonte: Euromonitor International

Esses consumidores, aliás, estão sendo atentamente ouvidos pelas startups japonesas, que estão crescendo rapidamente por modelar os seus serviços para atender as necessidades do mercado. SCENTPICK, os presenteáveis AROMAPRÉ e o serviço de assinatura CODE Meee ONE são alguns dos nomes que vale a pena acompanhar, mesmo daqui do outro lado do mundo.

Além dessas novas abordagens, olhando para a trajetória japonesa, também há muito o que ser comemorado. Por isso, as próximas linhas são dedicadas a compilar os maiores talentos, os “ouros” da terra do sol nascente na perfumaria:

Shiseido

A maior empresa de cosméticos do Japão e 4ª maior do mundo, desde 1872 apresenta excelência em seus produtos. 

Feminité du Bois de Shiseido

E é da Shiseido um dos perfumes mais modernos e icônicos: o “Feminité du Bois”, em português, “Feminilidade da Madeira”, que sugere o seu amadeirado especiado.

Lançado em 1992, carrega o estilo dos bons perfumes de nicho e, nas palavras de seu criador, o perfumista Serge Lutens, “expressa o lado masculino da feminilidade e vice-versa”. 

E agora, no primeiro semestre de 2021, a Shiseido lançou uma nova fragrância de perfumaria fina: “Ginza”, um perfume inspirado no bairro homônimo de Tóquio, cidade de origem da marca. 

Ginza de Shiseido

 A criação traz a dualidade entre modernidade e tradição. Mistura a elegância das flores (pétalas delicadas e radiantes do jasmim) ao poder das madeiras sagradas (fortes e preciosas notas de base do chipre amadeirado de patchouli, sândalo e hinoki). 

O toque final provém de uma molécula natural de uma espécie de orquídea japonesa e cativa da casa de fragrâncias Takasago, o ouro a seguir.  

Takasago 

Centenária e com operação em 27 países, está entre as maiores casas de fragrâncias do mundo. Se destaca pela alta tecnologia, patentes próprias e ainda pelas criações com foco em “Green Chemistry”, se comprometendo com a redução de níveis de emissão de gás, água e utilização de matérias-primas renováveis. Também por isso, é uma honra poder dizer que a Takasago é cliente da Paralela Escola Olfativa

Treinamento Takasago

Issey Miyake

Marca homônima ao seu criador, o estilista Issey Miyake, nascido em Hiroshima em 1938. A grife estreou no segmento da perfumaria em 1992 já com o perfume mais icônico e atemporal: “L’eau d’Issey”

Mesmo após quase três décadas, esse floral rosado moderno, com uma boa dose de calone, segue sendo referência de elegância e frescor. 

O perfumista que assina a criação é Jacques Cavallier, mas o frasco foi idealizado pelo próprio Miyake, que se inspirou na vista da lua atrás da Torre Eiffel, em seu apartamento em Paris.

L’Eau D’Issey de Issey Miyake

Comme des Garçons

A grife, fundada pela notável estilista Rei Kawakubo, nascida em Tóquio, também desponta no segmento da perfumaria, com fragrâncias sem gênero e irreverentes.

Incense de Comme des Garçons

Um grande ícone é a série “Incense”, lançada em 2002 e assinada pelo perfumista Bertrand Duchaufour. Como o próprio nome sugere, faz uma alusão ao incenso como um ancestral ao perfume e, também por isso, as 5 fragrâncias evocam o místico, o espiritual, o sagrado e até mesmo o divino. 

Uma curiosidade cultural, que também diz muito sobre a relação mais espiritualizada dos japoneses com os perfumes é que os antigos samurais utilizavam incenso durante as cerimônias de Kodo, uma arte milenar que significa “o caminho da fragrância/aroma”. A intenção era a de encher seus corações de coragem e liberar sua própria força interior. Incrível, não?

Eu, pessoalmente, gosto e recentemente voltei a usar o “Odeur 53”. Abstrato, não é fácil de reconhecer. Pode ser descrito como um cheiro de pele suave, mineral, oxigênio, areia. Esses efeitos são provocados por uma superdose de Hedione (floral sintético derivado do jasmim, muito transparente e limpo), musk e madeira de sândalo. Compartilhável, é sutil, moderno e pode funcionar muito bem para usar em camadas com outros perfumes com mais assinatura, para quem prefere perfumação marcante.

Odeur 53 de Comme des Garçons

Kenzo

Como falar de perfumaria japonesa e não citar o visionário Kenzo Takada? 

Rumou para Paris com apenas 25 anos e não demorou muito para construir o sucesso que visionou: lançou sua marca Kenzo, que além da moda, borrifou pelo mundo a vitalidade japonesa com o clássico “Flower by Kenzo”, criado pelo perfumista Alberto Morillas, da Firmenich.

Flower de Kenzo

Falecido em outubro de 2020, por complicações ligadas ao Covid-19, Kenzo será sempre respeitado e reconhecido por sua inventividade e seus florais, que também transcenderam nos inconfundíveis frascos lisos com um único caule de papoula.

E menções honrosas…

Aos ingredientes de ouro, como o cítrico yuzohinoki wood e a emblemática sakura, flor de cerejeira. Sem eles, não teríamos o prazer de desfrutar de fragrâncias como os já mencionados L´Eau D´Issey, Ginza e também o L´Occitane en Provence Flor de Cerejeira, Aqua di Parma Sakura e muitos outros.

Menção honrosa também aos belíssimos rituais e filosofias, como o wabi-sabi, que defende sabiamente que o belo é “imperfeito, impermanente e incompleto”. E a arte do haiku, a poesia concisa japonesa que, inclusive, serviu de inspiração para as criações de Jean-Claude Ellena na série Hermessence, para Hermès.

Se deixei algum ouro da perfumaria japonesa de fora dessa celebração, me conta? Compartilha comigo, vou adorar!

Confira os meus outros artigos relacionados:

As Marcas que Apontam para o Futuro da Perfumaria Brasileira

A Bolha Olfativa em Parasita

Cheirosamente,

Alessandra Tucci.

Paralela Escola Olfativa
Paralela Escola Olfativa
Uma escola livre que nos inspira não só a pensar ou fazer diferente, mas a sentir. Somos a única no Brasil a oferecer certificado pela Cinquième Sens (escola francesa com 43 anos de atuação na França e presente em mais de 10 países) e a pioneira no Brasil, em que sentir para entender a perfumaria é a principal metodologia. Não ensinamos fórmulas prontas: ensinamos a pensar, a ousar. Nesses quase 8 anos de atuação, recebemos mais de 1200 alunos na nossa sede, em São Paulo, e os incentivamos a olhar para a perfumaria em todos os ângulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat