Não é fácil escolher perfumes. 

Primeiro, eles são caros, então não podemos brincar com isso. Além disso, os diferentes tipos, nomes e jargões tornam o processo desnecessariamente mais complexo.

Consciente disso, hoje escolhi falar sobre uma das maiores dores quando o assunto é perfumes: Como escolher perfume!

Primeiro, quero destacar que o aprendizado sobre a perfumaria não é um processo restrito aos profissionais, como Perfumistas e Avaliadores Olfativos

Ao conhecer bem a dinâmica e a linguagem das fragrâncias, você está adquirindo conhecimento importante para o seu dia a dia profissional, como consumidor deste produto que é uma das paixões dos brasileiros ou até mesmo, está desenvolvendo um possível hobby.

Tenho certeza que, se os franceses não tivessem desenvolvido os perfumes como são hoje, os brasileiros o fariam. Mas essa é uma outra história. 

Agora vamos lá, aprender como escolher perfumes

Consultar influenciadores e blogs sobre o tema já virou um hábito, mas será que é possível compreender o cheiro da fragrância apenas sabendo suas principais notas? 

Uma gotinha a mais ou a menos de um ingrediente, e pronto: um efeito olfativo diferente. 

Para trazer uma melhor orientação nessas horas, separamos alguns pontos-chave para te guiar quando sua dúvida é como escolher perfume.

Como escolher perfumes

Na hora de comprar perfumes, é muito comum fazer uma escolha rápida, apenas pela afinidade instantânea com a fragrância, percebida logo na primeira borrifada. 

Mas atenção, não se deixe levar apenas pela primeira impressão! O perfume evolui e vai se revelando aos poucos, então já deixo aqui um aviso importante: é preciso paciência para encontrar o seu novo companheiro de dia a dia.

Fatores como ocasião de uso, expectativa de durabilidade e, como dizia o grande filósofo Sócrates, se conhecer, conhecer suas preferências (ou da pessoa para quem você vai escolher o perfume), fazem toda a diferença para chegar a uma compra assertiva. 

Para quebrar o tabu de como escolher perfumes, trago aqui  5 passos para perder o medo desse momento que deve ter também sua dose de prazer:

1. Informação vale ouro

Hoje em dia, existe muita informação disponível sobre perfumes. 

Ler sobre eles e sobre seus ingredientes e fragrâncias não substitui a experimentação, mas ajuda muito a afunilar a quantidade de produtos que você experimentará na loja. 

Além disso, com o tempo, você vai formando um repertório próprio, conhecendo sobre perfumes, uma habilidade essencial para fazer boas compras no futuro. Isso ajuda também a escolher melhor quais opiniões e recomendações online seguir. 

Deixo aqui algumas sugestões de fontes de informação online que confio bastante: 

Paralela Escola Olfativa. Nossa escola disponibiliza conteúdo de qualidade nas redes e no blog. 

Helen Augusto, a “Queris” atuou na indústria, assim como eu, e trata do assunto de maneira próxima e descomplicada. 

Perfumart é um blog completo, com inúmeras resenhas para você conhecer os perfumes antes de ir para a loja.

2. Planejamento antes de escolher um perfume

Comprar um perfume, assim como comprar um novo look ou até mesmo um vinho, envolve planejamento. 

Pensar na ocasião, se ele deve combinar com alguma coisa que você já tem, se você busca algo mais casual, marcante, sofisticado. Se é para uma ocasião especial ou para o dia a dia. Se vai harmonizar com certo tipo de comida e estilo de pessoas que você vai receber. 

Quanto mais você entender sobre moda e estilo, vinhos e perfumes, mais assertivas serão suas escolhas, pode confiar em mim. 

Melhor do que comprar o que acabou de ser lançado, é comprar aquilo que você gosta e que vai compor com outros produtos que você já tem (sejam roupas ou perfumes). 

Por isso, insisto: pense na ocasião de uso do perfume que vai comprar, se você quer algo marcante ou mais tranquilo

Se é para você, reflita sobre o tipo de perfume que você gosta, e se vale a pena se manter no mesmo estilo ou se está querendo provar algo novo. 

Se é um presente, investigue sobre as preferências do presenteado ou aposte em perfumes mais coringas, leves para o dia a dia, que são mais fáceis de acertar.

3. Na Loja

Refletiu sobre as expectativas e objetivos da sua compra? É hora de ir para a loja ou de falar com a revendedora, caso a sua compra seja por venda direta.

Explique o que você está buscando e não se deixe levar somente pela oferta para conhecer os lançamentos. 

Seja assertivo, conte para ela se é uma compra para você ou para presentear, a ocasião de uso e dê alguma pista sobre o gosto dessa pessoa (ou o seu próprio). Com isso, ela vai poder demonstrar algumas fragrâncias para você experimentar. 

4. A Experimentação

Primeiro, experimente as fragrâncias nas fitas olfativas. Deixe para borrifar na pele apenas as duas ou três preferidas que você escolheu na fita.

Marque o nome do produto na fita olfativa, e lembre-se que é preciso tempo para comprar perfumes. 

Se você tiver o hábito de anotar suas impressões olfativas em um caderno ou celular, ainda melhor. Assim, você pode levar as fitas olfativas preferidas no meio das páginas para continuar acompanhando a evolução deles. 

Prove até 5 produtos. E, se for tranquilo para você, pode provar mais, mas a maioria dos entusiastas cansam o olfato depois da quinta amostra.

Se a demonstração foi assertiva e você encontrou alguma coisa que goste, é hora de aplicar as fragrâncias preferidas na pele e dar uma volta para continuar avaliando as notas de corpo e de fundo. 

Desta forma, você conhece a personalidade e a duração delas, que vai além da primeira impressão.

5. Duração de perfumes 

Com a avaliação em pele e em fita, ao longo de uma ou duas horas, você conhece melhor as fragrâncias e pode perceber como elas evoluem e evaporam ao longo do tempo.  

Você perceberá aquelas que duram mais ou menos, e a sua escolha é uma combinação desses fatores.

Uma regra básica: perfumes marcantes, adocicados, amadeirados, duram mais. Perfumes leves, frescos, cítricos, aromáticos e florais leves, duram menos. E isso não é um defeito, eles são criados a partir de ingredientes mais leves, e têm uma outra proposta de uso. Se você quiser que eles durem um pouco mais, reaplique ao longo do dia.

Como escolher perfumes, envolve também outras curiosidades

Qual tipo de perfume é ideal para minha pele?

Pele e perfumes possuem uma química própria. 

Nosso “CC” (cheiro do corpo) depende da dieta alimentar, medicamentos, hábitos de higiene e até de certas doenças, por isso, cada ser humano é único e assim é também seu cheiro.

É o que acontece naquelas situações em que você sentiu um perfume em uma amiga e, quando passou na sua pele, não ficou igual.

Isso acontece porque o perfume varia um pouco de pele para pele. Ele não fica completamente diferente, mas há uma variação que pode ser bem perceptível dependendo de cada caso.

Outro fator dessa diferença pode ser o momento que você sentiu o perfume na outra pessoa. 

Digamos que ela aplicou de manhã e você sentiu no final do dia. Isso quer dizer que você gostou do fundo, do residual do perfume nela. Nesse caso, é natural experimentar o perfume desde a saída e sentir uma diferença grande.

E, por fim, se você tem a pele muito seca, o perfume vai ficar menos na pele e durar menos. 

Se você quer fazer com que ele dure mais, hidrate bem a pele, com um hidratante que não brigue tanto com a fragrância do perfume ou que combine com ela.

Et voilá! Pra tudo tem um jeito.

Conheça nossos cursos

Você é curioso e quer ir além? Descubra com qual família olfativa você se identifica

Saber sobre as famílias olfativas da perfumaria e com qual você mais se identifica é o nível avançado quando o assunto é como escolher perfumes. 

A família olfativa é determinada pelas características predominantes em uma fragrância

Perfumes com características semelhantes entre si pertencem à mesma família olfativa. 

Na Paralela Escola Olfativa, usamos a genealogia da Cinquième Sens, que possui 7 famílias olfativas para classificar perfumes: cítricos, aromáticos, florais, amadeirados, fougères, orientais e chipres. 

Da esquerda para direita: Cítrica, Aromática, Floral, Fougère, Chipre, Oriental e Amadeirada.

Com a família olfativa é possível saber o estilo principal da fragrância sem precisar sentir seu cheiro, o que ajuda muito nas compras online, sem experimentação. Com o tempo, reconhecer suas próximas preferências olfativas, diminui a chance de querer passar o seu novo perfume para frente…

Outra ferramenta útil para escolher perfumes é esse dicionário de fragrâncias, no qual você encontrará variadas terminologias da área. Neste Glossário da Perfumaria, há os termos principais para te orientar em suas pesquisas sobre o assunto.

Entenda a diferença entre EDP, EDT e EDC

Quando a pergunta é “Como escolher perfume?”, é importante também conhecer as terminologias da perfumaria para melhor identificar qual fragrância combina com você. 

Eau de Parfum (EDP)

pronúncia: “ô de parfãn”

Eau de Parfums têm de 15 a 20% de concentração de fragrância. Daí vem a diferença de preço no ponto de venda. No Eau de Parfum, você está levando mais fragrância para casa.

Portanto, você pode usar menos borrifadas a cada aplicação. Sua duração é, normalmente, maior.

imagem de perfume channel n5
Frasco de Chanel N.5 Eau de Parfum

Eau de Toilette (EDT)

pronúncia: “ô de toálét”

O nome em francês quer dizer “água de banho”, mostrando já no nome que esse é um tipo de perfume mais delicado, mais leve que o Eau de Parfum. O Eau de Toilette tem concentração de fragrância entre 8% e 14%. 

Frasco de La Petit Robe Noire Eau de Toilette - Guerlain
Frasco de La Petit Robe Noire Eau de Toilette – Guerlain

Eau de Cologne (EDC)

pronúncia: “ô de colone”

O Eau de Cologne é o tipo mais leve dos três, com concentração de fragrância de 2% a 7%. Pela suavidade, seu uso indicado é em abundância e para maior perfumação precisa ser reaplicado, muitas borrifadas são permitidas aqui

Frasco de Eau de Cologne - 4711
Frasco de Eau de Cologne – 4711

Agora que sabemos as regras, estamos prontos para quebrá-las quando o assunto é como escolher perfumes!

Não somente aspectos técnicos, como os apresentados até aqui, determinam a compra do perfume. 

Fatores mais subjetivos, também, devem ser levados em conta, como escolher o perfume ideal de acordo com a sua personalidade. 

Afinal, os cheiros conseguem projetar uma impressão sobre nós tanto quanto nossa imagem e personalidade. Assim, é interessante usar um perfume que dialogue com seu jeito e estilo.

E o que isso significa? 

Apesar dos conhecimentos teóricos e práticos sobre perfumaria, aspectos hedônicos e conforto seguem sendo importantes na escolha do perfume. Não tem como escolher o perfume que melhor combina com você sem liberdade de escolha. 

Isso inclui os colecionadores, quem é fiel e usa somente uma ou duas fragrâncias por muito tempo, ou quem estabelece um padrão de compra e só usa um estilo olfativo, os cítricos ou somente os adocicados, por exemplo. 

Do mesmo modo, há quem prefere aquele com o qual se conecta imediatamente, ou confia na boa fama dos perfumes mais vendidos e corre para pegar os chamados “perfumes de prateleira”. 

Como comprar perfume?

Deu para ver que escolher perfume envolve muitos aspectos. Aqui na Paralela Escola Olfativa você consegue conhecer materiais que vão esclarecer mais sobre o universo das fragrâncias, acessar informações técnicas de confiança e provocações para aproveitar cada vez mais o encantador mundo dos perfumes.

Se Descartes fosse um perfumelover, sua frase seria assim!

Até a próxima!

20 de janeiro de 2023
imagem de professora e aluna em escola olfativa

Como Escolher Perfume: Ciclo de Experimentação

Não é fácil escolher perfumes.  Primeiro, eles são caros, então […]
1 de dezembro de 2022
forografia de frascos de perfume

Uma preciosidade chamada Breu: descubra para que serve!

Para que serve o Breu? Você já ouviu falar sobre […]
4 de novembro de 2022

Como a memória olfativa pode conectar pessoas e marcas através das lembranças.

Introdução Vamos falar sobre memória olfativa? Eu sou fascinada por […]
19 de outubro de 2022
Prateleira branca com muitos perfumes um ao lado do outro.

Sândalo: O aroma indiano que cativa e encanta pessoas.

Nesse artigo eu quero contar para você sobre um ingrediente […]
30 de setembro de 2022

Uma DÉ-CA-DA! Vem cá se divertir com perrengues chiques que ninguém imagina que aconteceram nesses 10 anos!

3, 2, 1… AÇÃO! Quando decidi criar a primeira escola […]
31 de agosto de 2022
Mulher segurando um perfume

Como se tornar um perfumista e quais possibilidades o mercado reserva para esse profissional

Saiba como se tornar um perfumista, quais as oportunidades de atuação no mercado e os melhores cursos para chegar lá.
19 de agosto de 2022

Conheça as Instrutoras do Curso Profissional de Avaliadores Olfativos

A partir da minha vivência de 20 anos como Avaliadora […]
14 de janeiro de 2022

Avaliador Olfativo: o coração de uma fragrância

Ainda que o Brasil seja o país líder em volume […]
24 de setembro de 2021

Novas (velhas) fontes de matérias-primas na perfumaria, upcycling.

Simplicidade & Transparência como filosofia: Em meio a tantas e […]