As marcas que apontam para o futuro da Perfumaria Brasileira
31 de março de 2021
Fragrâncias para Vibrar em Alta Frequência
12 de maio de 2021

Entrevista Exclusiva: Perfumista Jerôme Di Marino

Nascido no Sul da França, estudante da ISIPCA, assim como seu irmão gêmeo, foi treinado por 2 anos na escola de perfumaria da casa de fragrâncias Givaudan, depois atuou do outro lado da mesa, na marca Givenchy onde participou do desenvolvimento do produto Gentleman Only, até que se uniu à casa de fragrâncias Takasago como Perfumista em 2011, criando fragrâncias para o mundo todo.

Já na Takasago, recebeu treinamento do lendário Francis Kurkdjian, onde foi inspirado a estudar todos os clássicos e suas estruturas, bases icônicas, a evolução das fragrâncias e, em 3 anos de treinamento, ele não apenas desenvolveu a técnica das fragrâncias, como ampliou seu olhar para além delas e seu entendimento sobre a profissão de perfumista, passando de um técnico para um profissional completo.

Alessandra Tucci, especialista em perfumes e CEO da Paralela Escola Olfativa, conversou com Jerôme e compartilha seu conteúdo:

1.Com uma biografia tão interessante desde o seu primeiro contato com o universo dos cheiros até a determinação em se tornar um perfumista.  Ao revisitar sua trajetória na perfumaria, o que o torna mais realizado?

Sem dúvida desenvolver fragrâncias com marcas de todo o planeta é o que me faz sentir mais realizado. Marcas de todos os tamanhos e com tantas histórias diferentes para contar, desde a pequena independente até a marca de um grande grupo. Cada uma delas oferece possibilidades diferentes, as independentes ousam na fragrância e demandam surpresas olfativas, enquanto as grandes, são apresentadas a consumidores do mundo todo e o desafio é encontrar o equilíbrio que agrade culturas diversas.

2. Após esses anos de estudo e atuação como perfumista, é possível ter uma licença poética e firmar sua identidade criativa? Como combinar inspiração com transpiração no universo da perfumaria?

Sempre é possível, a inovação ou licença poética, pode ser um toque, um efeito novo que chama atenção e abre um novo caminho. Da perfumaria de nicho, espera-se mais ousadia, enquanto na perfumaria global o equilíbrio diferente entre um, dois ou mais ingredientes de uma fórmula pode ser o suficiente para causar um efeito novo e agradar, surpreender consumidores do mundo todo. Recentemente eu criei uma combinação que chamei de Salty Tonka Bean (cumaru salgado) a partir desse núcleo inicial, apresentei a ideia a uma marca de nicho e a uma grande marca. O efeito original ficou muito mais presente e evidente na marca de nicho que preza por traços evidentes e espera que consumidores em busca de diferenciação compreendam e apreciem a ideia. Enquanto na grande marca, Salty Tonka Bean serviu de base para uma fragrância ambarada, com amber gris, tons animálicos, rodeada por flores brancas e pêssego.  Você vai esfumaçando, trazendo outros tons para essa narrativa e assim cativa consumidores do mundo todo.

Sementes de cumaru (tonka bean).

3. Criar, inovar e inspirar são verbos que movem a indústria e as pessoas. Como atuar de forma criativa nos dias de hoje com o cenário desafiador atual, com as mudanças de um mundo complexo e exponencial? Como um criador, como você lida com temas urgentes como sustentabilidade, igualdade de gênero e diversidade?

Vejo as fragrâncias, como muitos outros processos criativos, são reflexos da nossa sociedade. Elas traduzem o que nossa geração está vivendo, é uma reação direta aos eventos que acontecem ao nosso redor. Imagine o impacto da crise de saúde atual também na criação de fragrâncias e preferências do consumidor?

Além disso, de fato, há um maior debate sobre os danos que causamos ao planeta. E por isso, as pessoas estão buscando uma forma diferente de consumir, com mais consciência sobre a origem e destino dos insumos. Hoje, consumidores mais informados e conscientes provocam um processo de maior transparência no ciclo de abastecimento e desenvolvimento de produtos. Novas gerações querem saber quem criou, com o que criou, como obteve, o que faremos com os resíduos e essa realidade traz a beleza de próposito e desafios diários na tradicional lógica criativa que passa a ir alem da estética e prazer de uma bela fragrância.

É um processo criativo também mais humano e transparente sem perder a beleza olfativa.

Há um caminho de olhar linha a linha a fórmula de uma nova fragrância tendo como critério a escolha de ingredientes naturais mais éticos e justos, de sintéticos mais renováveis, e pouco a pouco a transição acontece de ingredientes que vão além apenas da estética olfativa, que claro, é também central.

4. Como preparar alguém como você? Há muita curiosidade em saber como é a vida de um perfumista e em saber como é a educação, a formação de um perfumista.

Ser perfumista exige sim habilidades técnicas que aprendemos em diferentes escolas ou treinamentos. Na minha opinião, o mais importante é ser curioso. Curioso por fragrâncias, é claro, desde os clássicos até a última marca confidencial de sucesso. Mas acima de tudo, curioso sobre tudo que vai além do mundo das fragrâncias, eventos culturais, mudanças sociais, novas tecnologias, tendências da música, gastronomia, arte, viagens… Tudo que pode ampliar o conhecimento e a percepção do mundo que vivemos.

5. Você é de uma nova geração de perfumistas, tenho curiosidade em saber como é hoje a interação entre os diferentes gêneros, perfumistas mulheres e homens? Como você ve essa interação hoje em dia?

Depois de concluir meus estudos na ISIPCA, fui treinado por 2 anos na escola da Givaudan por Nathalie Gracia-Cetto. Depois, já na Takasago, tive Francis Kurkdjian como mentor, portanto tive a chance de crescer como perfumista com esses dois modelos. Acho que estamos em uma época muito empolgante em relação à busca por igualdade. Ao mesmo tempo a indústria da perfumaria e de beleza é bem feminina então sempre senti uma troca saudável nesse sentido. Todos nós aprendemos uns com os outros, não apenas pelo gênero, mas também pela formação cultural, experiências e memórias olfativas.

6. Se você pudesse dar uma dica para alguém que tem o desejo de ser um perfumista ou profissional de fragrâncias, qual a coisa mais valiosa que aprendeu e que gostaria de compartilhar com essa pessoa?

Eu diria que não há uma “verdade absoluta” na perfumaria, ou um caminho único para se tornar perfumista. Todos nós viemos de origens muito diferentes. Não há porta fechada, a profissão requer estudo, treinamento contínuo, paciência e perseverança.

Entre as criações de Jerome: Ambre Khandjar para Une Nuit Nomade, Kenzo World Power para Kenzo e Mr. Burberry Element, para a Burberry.

7. Uma reflexão sobre os impactos da pandemia?

Com os bloqueios e quarentenas, todos passamos muito mais tempo em casa.

Passamos mais tempo em casa trabalhando, cozinhando, cuidando da casa.  Com isso fomos ficando mais conscientes dos nossos espaços e, com isso buscamos por conforto, por detalhes, por fragrâncias tranquilizantes: cheiros almiscarados, notas cremosas ou polvorosas… Por outro lado, no futuro, por termos passado tanto tempo em casa, os cheiros do futuro provavelmente traduzirão o desejo por contato com a vida externa, ar livre, com a brisa do mar, o toque da madeira, a sensação de notas verdes e cheias de seiva…

8. E pra gente se despedir, algo que te inspire, pode ser uma frase:

“Todas as coisas vêm para aqueles que esperam” (e são apaixonados!).

Até a próxima!

Cheirosamente,

Alessandra Tucci.

Paralela Escola Olfativa
Paralela Escola Olfativa
Uma escola livre que nos inspira não só a pensar ou fazer diferente, mas a sentir. Somos a única no Brasil a oferecer certificado pela Cinquième Sens (escola francesa com 43 anos de atuação na França e presente em mais de 10 países) e a pioneira no Brasil, em que sentir para entender a perfumaria é a principal metodologia. Não ensinamos fórmulas prontas: ensinamos a pensar, a ousar. Nesses quase 8 anos de atuação, recebemos mais de 1200 alunos na nossa sede, em São Paulo, e os incentivamos a olhar para a perfumaria em todos os ângulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat